03 maio 2013

O Brócolis de todo o dia!

Dá um certo trabalho preparar o brócolis, porque comprado em maço  tem que abri-lo, lavar parte por parte, retirar as folhas e excesso de talo, enfim......uma boa "mão de obra". Mas os benefícios do brócolis são tão maravilhosos que compensam todo trabalho em prepará-lo. Cá pra nós, eu penso que muitas pessoas não o comem por que tem preguiça de todo esse trabalho. Mas gente, vale a pena. Um maço maravilhoso como esse da foto abaixo, comprado na feira custa entre R$4,00 e R$ 5,00. Se você não quer ter trabalho compra já lavado e cortado, no OBA hortifruti ou no Pão de Açúcar eles vendem em bandejas, uma quantidade bem menor que a de um maço na feira, sai por volta dos R$ 5,00 R$6,00. Só não deixe de consumi-lo, se possível diariamente! Agora se você é daqueles que não gosta de jeito nenhum do brócolis encontrei informações bem bacanas sobre ele e como substituí-lo,  no site no IG Criança. 
Segue um trecho da entrevista que a Dra Roseli Rossi especialista em nutrição da Clínica Equilíbrio, deu ao canal.
Segundo a Dra. Roseli Rossi as verduras e os vegetais são fontes essenciais de vitaminas e nutrientes importantes para nossa saúde, além de serem fontes ricas de fibras que auxiliam no bom funcionamento intestinal.
Cada grupo de vegetais possui um nutriente específico dependendo da sua cor, por exemplo os vegetais alaranjados (como a cenoura e a abóbora) são ricos em antioxidantes como os carotenóides. Os verde-escuros (como o brócolis, espinafre e a couve) são ricos em ferro, cálcio, ácidos fólicos e glucosinalatos.
De acordo com ela, quem fica muito tempo sem comer esses vegetais acaba tendo problemas no sistema digestivo, nervoso, circulatório, renal e ósseo.

Bom, mas e o brócolis? Quais os benefícios dele?

Entre todos os alimentos que compõem a família das crucíferas está o grupo das brássicas, como brócolis, os quais apresentam uma variedade de fatores dietéticos potencialmente anticancerígeno, como carotenóides, vitamina C, flavonóides e glucosinolatos.  É importante ter claro que o brócolis estimula a produção de enzimas anticancerígenas, que protegem o nosso corpo do câncer e ainda ajudam na redução do crescimento de tumores e indução da apoptose - que é a morte da célula.

Para quem não curte o brócolis a  Dra. Roseli disse que sim, é possível substitui-lo por qualquer outro vegetal do grupo das brássicas, como o repolho, a couve-flor, a couve-de-bruxelas, a couve e o agrião.

O Brócolis aqui de casa hoje!! 









Entrevista completa no site 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pergunte à Personal