22 novembro 2012

QUERO TABATA"R" ! Three, Two, One, GO!

Por Lydia Guerreiro

Hoje vou comentar sobre um tipo de treinamento que eu estou utilizando e que estou gostando bastante.
Three, Two, One, GO!
Trata-se do Protocolo Tabata. Um tipo de treinamento de alta intensidade intervalado (HIIT).
Consiste em executar um determinado exercício em alta intensidade por vinte segundos (máximo número de repetições), seguido por dez segundos de pausa. Isto é repetido oito vezes durante um tempo total de quatro minutos.  Isso mesmo, apenas quatro minutos!



È possível executar o mesmo exercício para cada um dos oito intervalos de vinte segundos ou pode-se realizar uma série de exercícios variados  criando um circuito.

Hoje por exemplo, fiz quatro blocos de quatro minutos,  com 1 minuto de descanso entre cada bloco, totalizando vinte minutos de treino.

Como se trata de um treino de alta intensidade é um pouco mais difícil do que exercícios aeróbicos tradicionais, principalmente se o nível de condicionamento for baixo.  Por isso para iniciar um treino Tabata, além da  supervisão de uma personal trainer para evitar o risco de lesões, deve-se começar lento e fácil. Pode-se usar qualquer exercício!

No geral é indicado para quem quer melhorar seu condicionamento físico, para  quem quer perder peso ou reduzir gordura corporal e para quem não tem muito tempo para treinar. Mas é a análise da (o) personal  trainer à respeito de seu aluno que definirá se o protocolo é indicado ou não.  Cada caso é um caso! 

Esse método é apoiada por evidências científicas e aponta ser superior em comparação com o treinamento cardiovascular tradicional.  O método de treinamento Tabata e suas variações, são adaptações do protocolo de treinamento utilizado pelo Dr. Izumi Tabata em um estudo publicado em 1996 . Nessa pesquisa que se tornou referência,  Dr. Tabata mostrou que tiros de treinamento de alta intensidade geraram efeitos superiores ao treinamento aeróbio e anaeróbio em relação ao treinamento de intensidade mais moderada e mais longo.
Estes benefícios foram observados em atletas de elite bem  condicionados.


Como faço para começar?

Já que cada um tem um nível diferente de condicionamento,  não existe  um programa universal.
A regra básica a seguir é começar fácil e lento e ir aumentando a intensidade de acordo com o desenvolvimento do seu condicionamento. 
Não requer nenhum equipamento sofisticado para começar apenas um temporizador ou cronômetro para  que seja possível respeitar os tempos de trabalho e repouso corretamente. 

Para deixar o treino mais motivante ainda existem músicas específicas já com a contagem 20:10. Muito motivante e desafiador! 

Bjs 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pergunte à Personal