14 agosto 2012

Sódio em excesso. Um verdadeiro inimigo para nossa saúde!

O Sódio é um mineral e  é o principal componente do sal de cozinha. O Sódio é  largamente usado na indústria de alimentos devido as suas funções de conservar e dar textura aos alimentos, bem como  no controle microbiano de queijos, embutidos e defumados.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a recomendação diária de sódio e 2000mg, o que corresponde a 5 g de sal de cozinha.

Todo mundo sabe que sódio em demasia é um dos principais fatores por trás da pressão alta, condição que vitíma pelo menos 30 milhões de brasileiros e que, se não for tratada, propicia derrames e infartos.

Percebe-se que as pessoas, reduzem e até tiram o sal no momento de temperar seus alimentos, mas não enxergam a necessidade de tomar cuidado com os industrializados!

Vejamos a seguir as consequências do excesso de sódio em nosso bem mais precioso: nosso corpo.

CORPO INCHADO
Diante de uma ingestão abundante de sódio, há um desiquilíbrio que eleva a concentração de água dentro e fora dos vasos - e assim, menos líquido é escoado pelas vias excretoras.  Isso gera uma retenção  que rende inchaços por todo o corpo.

Além de resultar em aumento de peso, o acúmulo de líquido facilita o aparecimento de "celulites" (nome popular para  Hidrolipodistrofia Ginóide, Lipodistrofia Edemato: Fibroesclerótica   ), já que áreas da pele ficam com a circulação comprometida, dando origem àqueles buraquinhos.


DE CÂNCER A CÁLCULO RENAL
Existe uma hipótese que justificaria a ligação do sal com tumores no estômago e a explicação para a encrenca nos rins.
Em excesso, o sal causaria alterações nas células do estômago, que se tornaria mais suscetível ao ataque de agentes cancerígenos, como a bactéria H.Pilory e o tabaco. Aí surgiria o foco inicial da doença.

O abuso no sódio também tem como efeito colateral o envio de mais cálcio para a urina. Quando passa pelos rins, nossos filtros naturais, ele pode ficar retido e se unir a cristais, formando os dolorosos cálculos.

OSSOS SOFREM QUANDO A PRESSÃO SOBE
O sódio alimenta a hipertensão e pode favorecer a osteoporose.

Sal em excesso tende a fazer com que muito cálcio seja eliminado pela urina. Se já há uma tendência à osteoporose, esse "roubo" de cálcio, importante para os ossos, acelera o distúrbio.

COMO A HIPERTENSÃO DECOLA?
Para lidar com o exagero de sódio, o organismo passa a concentrar mais líquido no interior dos vasos, elevando a pressão ali dentro. Com o tempo, ainda podem ocorrer alterações na parede das artérias, que acabam menos flexíveis e mais estreitas. 

Taí o cenário perfeito para a pressão decolar!


Espero que tenham curtido!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pergunte à Personal