07 agosto 2012

Mulheres no ringue!

Você é daqueles (as) que curte uma boa luta? È fã do Anderson Silva e de MMA?

E quando são as mulheres que entram para bater, o que você acha?  Tanto  faz?  Então acompanhe a matéria e tire suas próprias conclusões.

O universo da luta, definitivamente, deixou de ser exclusivamente masculino. Seja na platéia, nas academias ou dentro dos ringues, a mulherada já marcou seu território e mostra que veio para ficar, com o crescente número de adeptas.
Para provar que o MMA (artes marciais mistas, na sigla em português) nem de longe é esporte só para homens, temos o exemplo da lutadora Cris “Cyborg”, um fenômeno na modalidade. Ela tem vencido as lutas tão facilmente que isso lhe rendeu até um problema: faltam adversárias para a disputa do cinturão peso-pena até 66kg) do Strikeforce – feito conquistado por Cyborg em agosto de 2009.
A lutadora perdeu apenas o primeiro dos 12 combates que realizou na carreira, e nove das 11 vitórias foram por nocaute. Em função disso, não descarta a possibilidade de competir entre os homens, mesmo sendo mais difícil.


Quem pensa que as garotas não sabem bater, está completamente enganado. Se ainda há alguém que duvide do poder ofensivo das mulheres, confira abaixo alguns dos melhores nocautes do MMA feminino:
[youtube=http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=8syUifFz2i4]
Além de entrar no ringue de forma profissional e conferir as disputas pela TV, a mulherada também tem praticado o esporte por conta dos benefícios que as artes marciais trazem para o corpo. A perda de calorias, definição da musculatura e desenvolvimento de habilidades motoras são alguns deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pergunte à Personal